Lidando com as contrariedades

Talvez a maior de todas as bênçãos que recebemos sejam as contrariedades.
Elas nos fazem mover-nos, nos permitem crescer.

O “estar tudo bem”, ou seja, aquela situação que nos agrada e nos satisfaz, mas que aparentemente – e só aparentemente – não nos cobra seu preço, nos mantém acomodados e, muitas vezes, paralisa a nossa ação e turva o nosso senso de direção.

A vida é dinâmica e nos cobra movimento. Por isso, tudo o que nos parece ser certo em determinado momento poderá se mostrar diferente no momento seguinte.

Repare e avalie:

– Quantas vezes na vida já ficamos frente a situações que nos pareciam desesperadoras?… Para, no momento seguinte, descobrir que aquilo foi a melhor coisa que nos poderia ter acontecido.

– Quantas vezes já comemoramos efusivamente um fato, apenas para depois perceber que não precisávamos daquilo, ou que o que aconteceu foi apenas o prelúdio de momentos difíceis pelos quais tivemos de passar?

Então, como podemos falar de sorte ou azar? 

Ou, melhor ainda, como podemos nos lamentar só porque na vida existem contrariedades? Afinal, tudo depende mesmo do que vem depois. Só saberemos o verdadeiro significado daquilo que nos acontece a partir do próximo movimento da vida. Assim como no jogo de Xadrez, só saberemos se a nossa jogada foi boa depois que assistirmos à jogada do nosso oponente.

Como viver feliz, então?

O segredo está em não pré-julgar os acontecimentos e não ansiar demais. A solução está em aceitar cada coisa, seja ela boa ou seja ruim, com a certeza de que aquilo é exatamente do que precisamos naquele momento.

É preciso entender e aceitar que tudo tem sua razão de ser, tudo está certo, tudo está no seu lugar… E que tudo passa!

Pense sobre isso!

 



Conheça o livro “Histórias Para Ler e Contar”.

 

 

 

 


 

Gilberto Cabeggi 
Ajudando você a fazer uma diferença positiva no mundo

Livros: http://bit.ly/cabeggi01

Site: https://www.cabeggi.com 
Blog: https://gilbertocabeggi.com.br 
Face: http://bit.ly/FacebookGCwp

Linkedin: http://bit.ly/LinkedinGCwp

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *